035_PEL Estrutura teórico-metodológica aplicada no PLHIS © 2011 3C Arquitetura e Urbanismo. All rights reserved.

035_PEL

PLHIS PELOTAS

Plano Local de Habitação de Interesse Social
Prefeitura Municipal de Pelotas
Pelotas, RS
Plano setorial – 2011-2014

PLANO DE HABITAÇÃO

Inserido em um novo marco institucional da política habitacional, o chamado PLHIS – Plano Local de Habitação de Interesse Social – é pensado como instrumento político-administrativo que implementa programas, metas e ações para superar a falta de moradias e promover a qualidade de vida, prioritariamente das famílias de baixa renda.
Ele deve ser entendido como um dos planos setoriais dos municípios, que complementam o Plano Diretor, em uma visão global de planejamento territorial que emerge da Constituição Brasileira de 1988. Neste conjunto, o PLHIS deve compor o quadro estratégico e normativo da política urbana na escala local.
Para o município de Pelotas, as complexidades de uma capital regional se somam a heranças da desindustrialização histórica da metade sul do estado e de Pelotas em especial. Com forte viés classista e racial, as desigualdades sociais da estrutura social do município aparecem na forma de intensa divisão entre a cidade oferecida aos mais ricos e aos mais pobres.  Esta ultima, marcada pela descontinuidade e ocupação periférica das melhores áreas traz importantes demandas habitacionais.
As necessidades, encontradas principalmente nos bairros de Fragata, Areal, Três Vendas e São Gonçalo, passam por desde novas unidades, até a provisão de loteamentos, reforma e ampliação de unidades existentes e melhoramento dos diversos conjuntos habitacionais construídos na década de 1970.
O Plano foi concluído em 2014, provendo um amplo diagnóstico da área habitacional do município, além de recomendações de diretrizes a seguir, especialmente através de ações integradas sobre os problemas mais críticos do município. Além disso, foi previsto um conjunto de ações ligado a melhoria das condições de atuação do município, como sistema de gestão da habitação, participação popular direta e monitoramento de habitação.

035_PEL Síntese da demanda habitacional urbana em Pelotas
Síntese da demanda habitacional urbana em Pelotas
035_PEL Potencial de ocupação para HIS
Potencial de ocupação para HIS
035_PEL Estrutura teórico-metodológica aplicada no PLHIS
Estrutura teórico-metodológica aplicada no PLHIS
035_PEL Investimentos em habitação e capacidade administrativa de Pelotas e região
Investimentos em habitação e capacidade administrativa de Pelotas e região
035_PEL Demanda habitacional no município: COHAB Pestano
Demanda habitacional no município: COHAB Pestano
035_PEL Demanda habitacional no município: Balsa
Demanda habitacional no município: Balsa
035_PEL Oficina de Construção Coletiva, realizada durante a Etapa 2 do PLHIS
Oficina de Construção Coletiva, realizada durante a Etapa 2 do PLHIS
035_PEL Oficina de Construção Coletiva, realizada durante a Etapa 2 do PLHIS
Oficina de Construção Coletiva, realizada durante a Etapa 2 do PLHIS
035_PEL Página do Facebook PLHISPelotas: encontros virtuais inovaram na participação popular
Página do Facebook PLHISPelotas: encontros virtuais inovaram na participação popular
035_PEL Principais focos de demanda habitacional sobre imagem de satélite da área urbana
Principais focos de demanda habitacional sobre imagem de satélite da área urbana
035_PEL Assentamentos Precários da área urbana classificados quanto a gravidade dos problemas habitacionais
Assentamentos Precários da área urbana classificados quanto a gravidade dos problemas habitacionais
035_PEL Matriz de precariedade habitacional do município
Matriz de precariedade habitacional do município
035_PEL Matriz ambiental x ocupação urbana
Matriz ambiental x ocupação urbana
035_PEL Densidade de domicílios em 2010 na zona urbana
Densidade de domicílios em 2010 na zona urbana
035_PEL Renda dos domicílios para a área rural do município
Renda dos domicílios para a área rural do município
035_PEL Tabela de classificação dos Assentamentos Precários da área urbana
Tabela de classificação dos Assentamentos Precários da área urbana

EQUIPE DE PROJETO

3C ARQUITETURA E URBANISMO
Arq. Alexandre Pereira Santos
Arq. Tiago Holzmann da Silva
Arq. Leonardo Marques Hortencio
Arq. Henrique Lorea Leite
Arq. Otávio Peres

Colaboradores:
Arq. Leonardo Damiani Poletti
Arq. Julio Celso Vargas
Arq. Geisa Bugs
Arq. Júlio Celso Borello Vargas
Arq. Raoni Teixeira
Sociol. Eliete Gomes
Adv. Ricardo Waldman

COORDENAÇÃO PELO MUNICÍPIO
Jorge Alves
Joseane Almeida – Secretária Municipal de Gestão da Cidade e Mobilidade